quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Fashion Talks no Lisboa Design Show - Parte 1

Faz agora um ano que visitei a FIL e tive a oportunidade de conhecer o Lisboa Design Show. Não sendo este o meu alvo de visita naquela altura, pois desconhecia por completo a existência desta feira, o acaso foi muito feliz. Era o espaço por excelência onde jovens novos designers e criadores, instituições de ensino, marcas emergentes e startups se reuniam para apresentar o seu trabalho em várias áreas. Para além de ter ficado a conhecer o que se andava a fazer por Portugal, fiquei com aquela sensação de estar a testemunhar o início de grandes nomes no futuro.

Por isso, este ano, quando recebi o convite para a 8ª edição do Lisboa Design Show fiquei bastante entusiasmada. A oportunidade de conhecer novos projetos, novas ideias, gente com vontade de ir mais além e produzir com a etiqueta "Made in Portugal". Ou o início de grandes sonhos.

Lisboa

Infelizmente, a minha agenda não me permitiu ir a todos os eventos [fica sempre melhor do que "como tinha de ir trabalhar"...], mas ainda assim marquei presença nas Fashion Talks e nos Pitchs. E valeu a pena...

Fashion Talks (2ª edição)

Foi logo no primeiro dia do Lisboa Design Show que a conversa se fez sobre Moda. E quem pensa que o assunto se resume a novas tendências está muito enganado...

Começámos em grande com o projeto social Dress a Girl Around the World, uma ONG americana que chega a Portugal em maio de 2016, pelo grande coração de Vanessa Campos. O projeto é simples: criar vestidos para doar a meninas de países carentes, como forma de lhes oferecer um pouco mais dignidade e proteção. Adorei conhecer este projeto e, sem dúvida, não poderíamos ter começado melhor estas conversas de Moda. Visitem a página do projeto e, quem sabe, não existirão por aí mãos de ouro na costura que possam vir a ser uma ajuda preciosa...
Lisboa

Em seguida, foi a vez da Rita Completo, que saltou da Química para a Consultoria de Imagem, e nos deu algumas dicas sobre a "criação e gestão de um guarda-roupa low-cost". De facto, embora tenha sido apenas um cheirinho, há muito que se diga no que toca à combinação de trapinhos, das cores dos trapinhos, dos trapinhos com os acessórios, com os óculos, com o calçado... Enfim, fiquei com a sensação de que, por trás de um look invejável, está toda uma equação de 7º grau com noções de geometria descritiva e da física quântica! Uma frase da Rita que me ficou, com a qual me identifiquei e que, para já, vou continuar a fazer dela filosofia de vida: "Na Moda não há regras!".
Lisboa
Como todos sabemos, muher que é mulher não vive só de trapinhos. Há toda uma logística no que toca à nossa imagem. E a maquilhagem é um ponto essencial. Aliás, eu admiro quem tem a destreza, precisão e capacidade de fazer grandes transformações só com maquilhagem. Olho sempre para estas pessoas como catedráticas do mundo das artes ou talentos naturais como Picasso ou Salvador Dalí. Foi neste contexto que conhecemos a Jac Lin do blog FancyJasmine, que nos presenteou com uma amostra do seu trabalho ao vivo. Enquanto maquilhava a modelo (lindíssima ao natural, o que me pareceu um bocadinho de batota...), foi dando algumas dicas sobre produtos, materiais e técnicas. Quase fiquei convencida de que era capaz daquilo tudo, não fosse a parte do eyeliner a lembrar-me a minha habilidade em apenas conseguir desenhar olhos de panda...o que, na verdade, só dá jeito no Carnaval...
Lisboa
E porque a Moda não é um exclusivo do público feminino, chegou-nos o Renan Gomes para nos falar sobre a moda masculina. Pois é, também os homens têm de ter alguns truques na manga para estarem au point por esse mundo fora. Ou pensam que os Brad Pitts e os George Clooneys que por aí andam a lançar charme não têm a coisa bem estudada?! Ah, pois é... O Renan é autor do Estilo Renan e um dos criadores da plataforma Portuguese Bloggers e um bom contacto para quem pensa recorrer a serviços de consultoria de imagem... no masculino.
Lisboa
Para terminar em grande como se começou, a Cláudia Silva fez o fecho desta edição das Fashion Talks com um tema sensível, mas importante: "A Beleza cabe em todos os tamanhos e formas". Não é uma pergunta, mas sim uma afirmação. E foi com este mote que se falou sobre magrinhas e gordinhas, sobre tamanhos que a fast fashion produz, sobre preconceitos e sobre auto-estima. Mais uma vez, a ideia é não haver regras, embora saibamos que há uma pressão da sociedade em impor essas regras, que aniquilam as mulheres plus size [diz que fica melhor do que "gordas"]. Este é, sem dúvida, um tema que dá pano para mangas e deve ser tratado com algum cuidado, para não se cair no erro de passar a imagem negativa para o outro lado, o das "magrinhas". Com o projeto Mulher XL, a Cláudia e a Leilane Ferreira aproximam a moda plus size às mulheres que tanto a procuram, numa perspetiva de valorização pessoal que achei fantástica.

Lisboa

Gostei bastante da edição das Fashion Talks deste ano. Foram, sem dúvida, algumas horas bem passadas. Como é óbvio, não posso deixar de agradecer à Felizarda do blog Madame Moda pelo convite e pela organização.

E os Pitchs, perguntam vocês?! Uma experiência diferente, mas igualmente enriquecedora, de que vos vou falar em breve...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...