segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Pontapé na Língua #2

Há muito tempo atrás, no País dos Sons, o rei e a rainha tiveram cinco filhos, conhecidos por Vogais Reais. Muito cedo, explicaram-lhes que o seu papel era muito importante no reino, pois tinham como função manter a ligação entre todas as letras do povo. E assim fizeram.
Certo dia, encontraram os irmãos C e Ç e rapidamente perceberam como eram diferentes. O primeiro, mais velho, tinha um som oco e seco, muito parecido (embora menos forte) ao do velho Q; o segundo tinha nascido com as hemorroidas de fora e, por isso, soprava como o seu primo, o S. Ambos foram calorosamente acolhidos pelas Vogais Reais, à exceção do E e do I, conhecidos pela sua altivez e presunção. Nem pensar serem vistos com uma letra com as hemorroidas de fora!
- Mas todos os sons são necessários ao reino! - lembrou o A, o príncipe mais velho.
- O que tem as hemorroidas no lugar pode fazer o papel do irmão e soprar sempre que estiver perto de nós. - respondeu o E.
- Além disso, já temos o Q para os sons fortes e ocos, sem nos pregar um ataque cardíaco, graças ao mano U. - completou o I.
E assim ficou.
Numa terra de sons, onde a desigualdade também existe, o C passou a soprar sempre junto do E e do I, que nunca aceitaram o seu irmão mais novo com problemas de hemorroidas, o Ç.

Ontem recebi, como é habitual, um e-mail com as novidades da Lonchamp, que é só uma daquelas marcas que habitam na Avenida da Liberdade, em Lisboa. Fiquei sensibilizada com a sua iniciativa na luta pela desigualdade, querendo fazer do E um príncipe honrado e justo. Só que não.
De facto, em "começar" a coisa corre bem, pois o A é o irmão Gandhi das vogais, mas o E manda informar que continua a recusar-se posar junto de letras com as hemorroidas de fora.

3 comentários:

  1. Boa noite.

    Aqui no Brasil os jornalistas têm tido esmero também. Olha uma manchete da seção Esportes:

    "Recordes de Bolt virarão pó quando engenharia genética ir ao esporte"

    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi que é um problema geral... tristeza!

      Boa semana :)

      Eliminar
  2. Também acho imperdoável escrever com erros destes... Devíamos tratar melhor a nossa Língua!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...